4 de fevereiro de 1908

(Londres) Devido aos boatos alarmantes sobre a agitação em Portugal, os títulos portuguezes estão em baixa, não havendo compradores.(Santos) Devido á morte do rei d. Carlos e do príncipe d. Luiz Felippe, quasi todo o commercio cerrou as portas, reinando geral consternação. Os consulados, bancos, commercio e redacções, continuam com as bandeiras em funeral.Terminada a campanha sanitaria no Rio de Janeiro contra a febre amarella, é de imprescindivel necessidade que se emprehenda campanha analoga aos outros Estados da União.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.