40% dos postos vistoriados em SP tinham combustível irregular

Cem postos de gasolina foram vistoriados nesta terça-feira pelo governo estadual e pelo Instituto de Pesos e Medidas no Estado de São Paulo. Até às 16h30, 40% das amostras coletadas nos postos da capital apresentaram irregularidades, com excesso de álcool anidro ou solvente no combustível.Dezessete postos revendedores tiveram 42 bombas interditadas pelo Ipem por adulteração. Outros três postos foram fechados pela ANP por não terem registro para vender combustível. A Secretaria de Segurança Pública que também participou da operação fez duas prisões em flagrante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.