44 pessoas morreram em 8 Estados

Os estragos causados pela chuva já afetaram mais de 911 mil pessoas em grande parte do País, sendo que 126 mil pessoas estão desabrigadas e outras 57 mil desalojadas. Os números foram divulgados na sexta-feira pela Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec).De acordo com informações das Defesas Civis estaduais, 320 municípios estão sofrendo com o grande volume de água em Estados: Ceará, Maranhão, Piauí, Paraíba, Rio Grande do Norte, Bahia, Alagoas, Amazonas, Pará,Pernambuco e Santa Catarina. O número de mortes chega a 44 em oito Estados: Ceará (12), Maranhão (9), Paraíba (2), Pernambuco (1), Bahia (7), Alagoas (4), Amazonas (8) e Santa Catarina (1).No Nordeste, o Ceará é o Estado que tem o maior número de municípios atingidos, 72. Na Região Norte, é o Amazonas, com 47. Em Santa Catarina, os danos causados pela chuva atingiram 10 municípios. Ontem, o nível do Rio Negro atingiu a cota de emergência, de 28,90 m. A marca é definida pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) como alerta às Defesas Civil municipal e estadual. A marca da maior cheia foi registrada em 1953, de 29,69 m.O problema da estiagem se intensifica no Sul. No Rio Grande do Sul, já são quase 200 os municípios em estado de emergência. Em Santa Catarina, são 108.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.