49 presos fogem da delegacia da Polinter

Um grupo de 49 detentos fugiu do presídio da delegacia de Polícia Interestadual (Polinter), na zona portuária da cidade, na madrugada do domingo. Os policiais encontraram um buraco na parede do banheiro de uma cela, que teria sido feito com a ajuda de uma barra de ferro.Os presos, que não pertencem a nenhuma facção criminosa, teriam passado pelo buraco para um depósito de entulho. Depois derrubaram a porta do depósito e passando para um prédio que funciona como um complexo de delegacias especializadas, daí saindo normalmente. Na cela, havia 25 presidiários além dos que fugiram.Seis agentes penitenciários estavam de plantão no momento da fuga. Segundo o diretor da Polinter, delegado Rodolfo Waldeck, a fuga deve ter ocorrido após 1h30 e o alerta foi dado às 3h30, mas não há como saber exatamente o horário. Os fugitivos respondem por furto, porte de arma e assalto.Dez equipes da Polinter, mais policiais militares e civis de delegacias especializadas, estão envolvidas na captura dos detentos. Um dos primeiros locais a entrar na busca policial foi a Rodoviária Novo Rio, relativamente próxima ao presídio.No final da manhã, o diretor da Polinter informou que nenhum dos fugitivos chegou a sair do Rio. As câmeras internas e externas da carceragem serão verificadas. A Polinter tem 1.400 presos, distribuídos por 21 alas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.