5 de maio é último dia para transferir ou tirar título

O eleitor que pretende se inscrever para participar das eleições de outubro ou requerer transferência de domicílio de votação deve ficar atento. Dia 5 de maio é o último dia para as inscrições de novos eleitores. A data também é o limite para o eleitor portador de necessidades especiais solicitar sua transferência para seção eleitoral especial, preparada para recebê-lo e facilitar a sua participação no pleito. Nestas seções, há rampas e condições especiais de acesso a deficientes físicos e visuais.

, O Estado de S.Paulo

24 de abril de 2010 | 00h00

.De acordo com os dados de março deste ano do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Brasil tem 133.249.485 de eleitores. O maior colégio eleitoral é São Paulo, com mais de 29 milhões de eleitores, seguido por Minas, com 14 milhões, e pelo Rio de Janeiro, com 11 milhões. O TSE não tem estatísticas parciais das transferências e entrada de novos eleitores, que só estarão disponíveis após 5 de maio.

Os números novos são divulgados no último dia de cada mês.

Para tirar o novo título e participar das eleições, o eleitor precisa procurar o cartório eleitoral mais perto de sua casa e levar documentos pessoais como RG e CIC, além de comprovante de endereço. A CNH e o novo modelo de passaporte não são aceitos por não terem dados de filiação.

Maiores informações no site www.tse.gov.br ou pelos telefones (61) 3316-3000 em Brasília e (11) 2858-2000, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo (site www.tre-sp.gov.br).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.