5 de outubro de 1908

(Vienna) O governo austro-hungaro mandou entregar ás potencias europeas um rescripto de imperador Francisco José, contendo uma explicação detalhada de sua política no Oriente. A Áustria abre mão do direito que lhe foi reconhecido de occupar Sandishak e Novibazar, mas quer a incorporação da Bósnia e Herzegowna aos seus domínios. Julga-se que a Rússia esteja de accodo com isso. (Petersburgo) A Rússia não deseja que se faça uma conferência sobre a questão das estradas de ferro do Oriente e quer apenas que as potencias signatárias do tratado de Berlim se entendam entre si.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.