51 acusados de assalto a banco são presos no PR

Por meio da Operação Terminal a Polícia Federal prendeu ontem 51 pessoas acusadas de participar de uma quadrilha especializada em furto e roubo a bancos e arrombamento de caixas eletrônicos. Os presos não tiveram os nomes divulgados pela polícia. Segundo a PF, há homicidas e outros criminosos entre os presos e alguns têm ligação com organizações criminosas que atuam em São Paulo. Segundo o delegado de Repressão a Crimes contra o Patrimônio, Ramon Almeida da Silva, desde novembro, quando começaram as investigações, os valores roubados somam cerca de R$ 4 milhões. Com os prejuízos causados pela destruição dos caixas, esse valor pode ultrapassar R$ 7 milhões. Na operação foram recolhidos maçaricos e armas, além de R$ 82 mil. As investigações começaram pelo Paraná, depois de oito assaltos ocorridos no ano passado, quando foram presas nove pessoas, e se estenderam para Santa Catarina, São Paulo, Minas e Goiás. Segundo a PF, além de arrombamento, o bando usava programa de computador para tirar dinheiro dos caixas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.