700 mil evangélicos celebram Paixão no Rio

Cerca de 700 mil evangélicos, segundo a Polícia Militar, reuniram-se hoje no Aterro do Flamengo para celebrar a Sexta-Feira da Paixão em um evento promovido pela Igreja Universal do Reino de Deus. Os fiéis começaram a chegar ao Centro da cidade no final da manhã, em centenas de ônibus vindos de todas as regiões da capital e de cidades do interior. O culto, que durou toda a tarde, teve as presenças dos bispos Edir Macedo e Marcelo Crivella, virtual candidato à prefeitura do Rio pelo PL. Os organizadores esperavam reunir 1 milhão de pessoas, metade do público que foi ao mesmo lugar, em 1997, para ver o Papa João Paulo II. Os ônibus fretados pelos participantes do evento causaram tumulto no centro da cidade, tradicionalmente tranqüilo em dias de feriado. O Corpo de Bombeiros informou que, até o final da tarde, não houve maiores incidentes, com atendimentos médicos apenas por casos de mal estar.Os católicos cariocas também comemoraram a data, com uma procissão. Para a noite, está prevista a encenação da Paixão de Cristo, nos Arcos da Lapa, no centro. Às 15 horas, o cardeal d. Eusébio Scheid presidiu cerimônia que celebrou a paixão e morte de Cristo.

Agencia Estado,

09 de abril de 2004 | 17h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.