A ditadura dos gordos

O futebol brasileiro está subvertendo os padrões internacionais da boa forma física. Queimou a língua de quem debochou da silhueta arredondada de Ronaldo no Corinthians, fenômeno que agora se repete com Adriano, o imperador rechonchudo que estreou com gol e boa atuação na volta ao Flamengo. Em outros tempos, com aquele corpo, o máximo que ele conseguiria jogar era conversa fora com o pessoal da comunidade.A explicação de que a habilidade poderia contrabalançar o excesso de peso no trato com a bola vai por água abaixo com outra evidência dessa nova estética corporal nos gramados brasileiros: se até Obina, fofo daquele jeito, fez gol no domingo passado, francamente, não é por aí. Já deve ter gente pós-graduada em preparação física estudando o que promete ser o fato mais extraordinário deste Brasileirão, antes que a gordura vire uma tendência fora de controle no futebol, mais ou menos como aconteceu com a magreza no mundo da moda. Logo, logo vão dizer que o Robinho precisa ganhar barriga para voltar a comer a bola. Pode? EXEMPLO A SEGUIR''Sabia que o Obama levou a mulher ao teatro?''Dona Marisa Letícia, no café com o presidente.NINGUÉM É SANTO''Os culpados são Marcos!''Vanderlei Luxemburgo, comentando o empate do Palmeiras com o Barueri.DOIS PESOS''Susan Boyle ficou em segundo lugar e ninguém a ridicularizou por isso!'' Rubinho BarrichelloMal comparandoA euforia de Lula com o resultado das últimas pesquisas esbarra na felicidade de Geraldo Alckmin com as mesmas. A opinião pública - ô, raça! - só pode estar de brincadeira.O preço do perdãoSe o suicídio redimiu o ex-presidente sul-coreano Roh Hoo-yun das acusações de corrupção, quem sabe o povo brasileiro não tem a mesma compaixão com os políticos que vivem situação parecida por aqui.Mera curiosidadeNão há nada de estranho nessa história do chef de cozinha que Ciro Gomes mandou buscar em Fortaleza com passagens aéreas pagas com verba de seu gabinete. Mas bem que o deputado podia contar como encontrou um cozinheiro alemão no Ceará.Figurino apertadoCarlos Minc não cabe mais dentro de seus coletes. O ministro ficou cheio de si depois que passou a falar grosso no governo.Ninguém merece!Os malucos da clínica psiquiátrica de Londres onde Susan Boyle foi internada no domingo estavam ontem à beira de um novo ataque de nervos. Desde que chegou, a candidata derrotada no programa de calouros da TV do Reino Unido já havia cantado 1.156 vezes I Dreamed a Dream, do musical Les Misérables.Brasil não terá ciberczarLula tem bons motivos para não montar o mesmo organograma de cargos estabelecido por Barack Obama para combater a pirataria virtual. Quem tem língua presa sabe a dificuldade de dizer "ciberczar".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.