A Irlanda é aqui. Para devotos de St. Patrick

O dia do santo, 'padroeiro' dos bebedores de Guinnes, é comemorado no fim de semana em São Paulo

Edison Veiga, de O Estado de S. Paulo,

13 de março de 2009 | 00h03

Um gole para o santo. No caso, Saint Patrick – ou, em bom português, São Patrício, que viveu entre os anos 386 e 493 –, padroeiro da Irlanda, por tabela padroeiro dos bebedores da cerveja irlandesa Guinness. Cada vez mais o paulistano se rende às comemorações do dia 17 de março, feriado nacional irlandês. "O interesse pela cultura da Irlanda é muito grande em São Paulo, mesmo por pessoas que não têm nenhuma descendência ou mesmo nunca foram ao país", comenta a presidente do Instituto Brasil–Irlanda, Maria Alice Ancona Lopez.

 

Veja também:

Endereços das cafeterias participantes do St. Patrick's Day

Confira a programação completa do festival Cara Irlanda

 

 

 

 

 

O instituto, aliás, foi fundado no ano passado e integra, pela primeira vez, os festejos do santo na cidade. Serão 34 eventos, sob o rótulo-guarda-chuva de Cara Irlanda. Haverá lançamento de livro (Contos e Lendas da Mitologia Celta, de Christian Leourier), palestras como Dança Irlandesa ou Joyce com Lacan, show e a exposição de arte Obras Recentes, do artista irlandês radicado no Brasil James Concagh.

 

Mas é a cerveja Guinness que reúne os maiores devotos do santo irlandês. Amanhã e domingo (dias 14 e 15), três vans bancadas pela marca da bebida vão fazer um roteiro por dez bares que integram as comemorações. Haverá dez saídas de cada ponto, entre 19h e 2h. Os participantes são: All Black, Mulligan e O’Malleys, nos Jardins; Drake’s e Finnegan’s, em Pinheiros; KiaOra e PJ Clarkes, no Itaim-Bibi; Melograno e Republic, na Vila Madalena; e The Joy, em Higienópolis. Quem participar do tour ganha benefícios como a primeira cerveja de graça e desconto de R$ 5 no táxi para voltar para casa – sim, o politicamente correto "se beber, não dirija" e a lei seca não foram esquecidos pelos organizadores.

 

CONVERTIDOS

 

Saint Patrick pode ficar tranquilo porque há seguidores fervorosos por aqui. Desses, 52 têm seus nomes numa tabuleta afixada no pub All Black. Um verdadeiro rol da fama. São os que já beberam mais de uma centena de pints – a dose padrão, de 568 ml – de Guinness, como o empresário André Giannobile e o publicitário Daniel Feitosa, de 34 e 32 anos, respectivamente. Amigos que frequentam o pub pelo menos uma vez por semana, religiosamente. "Há uns quatro anos", frisa André.

 

Daniel foi o primeiro a se converter. "Em 1997, fui morar nos Estados Unidos para fazer um curso", conta. "Cheguei justamente no dia 17 de março. Não entendi o que era aquele monte de gente bêbada, fazendo um verdadeiro carnaval." O santo agiu. E arrebanhou mais um fiel. "Quando voltei ao Brasil, era superdifícil encontrar a bebida por aqui", se recorda. "Eu ia em casas de importados."

 

O evento é tão importante para o publicitário que ele chega a reservar hotel próximo do bar. "Assim não preciso dirigir de volta para casa e fico mais perto", diz ele, que mora na Vila Matilde. "Além disso, fortalece o ritual. Saint Patrick virou meu santo padroeiro."

 

CAFÉ E HARMONIZAÇÃO

 

Em Higienópolis, o restaurante Sal Gastronomia terá, a partir de domingo, harmonização de pratos com cervejas Guinness. A curadoria é assinada pelo mestre cervejeiro da Guinness, Gergal Murray, em recente visita ao Brasil.

 

E há ainda a opção de saborear o irish coffee, bebida que mistura café, uísque e creme de leite. A opção estará no cardápio de 38 cafeterias brasileiras entre 17 e 27 deste mês, em uma iniciativa apoiada pela Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic). Em São Paulo, participam duas unidades do Fran’s Café e quatro do Suplicy Cafés Especiais.

 

Mesmo que com poucos irlandeses vivendo por aqui – em todo o Estado são cerca de 300, de acordo com o consulado –, São Paulo não vai fazer feio no Saint Patrick’s Day. Prepare a camisa verde (a cor oficial da Irlanda).

Tudo o que sabemos sobre:
St. PatrickcervejaSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.