A maior emoção de um bombeiro

Sessenta bombeiros participaram da operação de resgate na Casa Verde. Entre eles estava o sargento Dias, do 1º Grupamento de Bombeiros do Ipiranga. Com 34 anos - 14 deles na corporação -, ele trabalhou em três acidentes aéreos: o da TAM, no Jabaquara, em 1996, que deixou 99 mortos; o do dia 17 de julho com o A320 (199 mortos); e na queda do Learjet. "Este acidente (de ontem) foi o que mais me emocionou. Consegui salvar uma menina de uns 10 anos", disse. Ele também se comoveu ao ver um bebê ser resgatado com vida - mas lamentou que ele tenha morrido em seguida. "Lembrei de meu caçula, de 2 meses."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.