''A sensação é de impotência''

Foi um lanche de apenas meia hora, mas suficiente para criminosos roubarem a Saveiro prata esporte comprada em outubro de 2008 pelo gerente de marketing Fernando Bauman, de 30 anos. Há duas semanas, ele estacionou o carro na Rua Fidalga, na Vila Madalena, zona oeste da capital, e, ao voltar para o carro, a surpresa: não estava mais lá. "A sensação é de impotência. Ver que seu bem comprado com tanto suor foi levado em questão de segundos é revoltante", diz Bauman. Ele pagou R$ 43 mil pelo carro e acredita que a indenização do seguro não ultrapassará R$ 35 mil. O produtor de cenografia Gian Borsatti de Lucca, de 26 anos, instalou dispositivos de segurança no seu Fiesta, comprado há cinco meses, depois de ter o carro furtado duas vezes em menos de um mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.