A violência no Rio, com as Forças Armadas nas ruas

A presença de tropas das Forças Armadas nas ruas do Rio de Janeiro, desde a véspera do carnaval, não foi o bastante para diminuir a violência na cidade. Nesses dez dias, houve tiroteios com traficantes, vias importantes ficaram interditadas, pessoas comuns ? sem qualquer envolvimento com crimes ? foram mortas vítimas da guerra entre bandidos e policiais. O infográfico mostra uma cronologia da violência no Rio nos dias em que as Forças Armadas patrulhavam as ruas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.