A voz do dono

Tutty Vasques escreve todos os dias no portal Estadao.com.br, de terça a sábado neste caderno e aos domingos no caderno Aliás

Tutty Vasques, O Estadao de S.Paulo

05 de dezembro de 2008 | 00h00

A história da congressista americana que desligou o telefone na cara de Obama julgando se tratar de um trote parece coisa do tempo em que os poderosos cuidavam de viva-voz dos detalhes de sua administração, como tentou fazer o presidente eleito dos EUA ao teclar direto para o celular da deputada Ileana Ros-Lehtinen. Hoje em dia, como se sabe, quem manda tem assessor pra tudo.Quando o poder era a presença do dono, volta e meia alguém cometia a gafe de destratar o chefe supremo ao telefone, crente que do outro lado da linha cairia a máscara daquele colega de trabalho metido a passar trote pra todo mundo. Ficou célebre entre os episódios do gênero a vez em que o doutor Roberto Marinho ligou tarde da noite para a redação de O Globo, e ouviu poucas e boas do plantonista a quem pedia informações sobre a primeira página de seu jornal. Quando, enfim, se fez entender ao subalterno, deu-se o seguinte diálogo:- Você sabe agora com quem está falando? - apelou para a hierarquia.- Sei, sim. E o senhor: sabe com quem está falando?- Não.- Graças a Deus! E bateu o telefone na cara do chefe, rapidinho! BARBADAA top model Naomi Campbell lamentou com amigos de São Paulo que o Prêmio Paladar ainda não contemple a categoria Melhor Arroz de FestaMULHER LUZMarília Gabriela já está toda iluminada para o Natal. Quem a viu nas ruas diz que ficou um espetáculoO tempo voaSerá que Aécio Neves já ouviu falar de Havne Mora Braga Jacob, deusa de Juiz de Fora eleita "garota da capa" de dezembro em concurso da Elle? O governador não é mais aquele. Só pensa agora na Presidência!Convivência difícilNão convidem o ministro Guido Mantega e a rainha Elizabeth II para a mesma mesa. Os dois têm planos anticrise bem distintos. "Esqueceram de mim"O divórcio voltou a rondar o casamento de Cristina e Néstor Kirchner. O ex-presidente não se conforma de não ter sido convidado pela patroa para a foto com Madonna e Ingrid Betancourt na Casa Rosada. Coberto de razão!Barbas de molhoSem querer apressar ninguém - faltam ainda 20 dias para o Natal -, mas rola um babado forte no comércio sobre a possibilidade de Papai Noel entrar em férias coletivas no dia 15. Será?Procura-se trabalhoO artilheiro Túlio Maravilha, recém-eleito vereador em Goiânia, quer arrumar um clube na cidade para jogar durante seu mandato. Teme, decerto, passar quatro anos sem ter nada pra fazer. Agenda positivaQuem sabe essa onda de demissões que vem por aí não passa de outra daquelas marolinhas, né?! Vamos torcer, gente, vamos torcer!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.