Abandonadas, mulheres agridem os ex-maridos e provocam incêndios

Duas mulheres abandonadas pelos maridos estão presas após atearem fogo na loja e no ônibus dos ex-companheiros. Os dois casos aconteceram em Salvador. Os homens, apesar do susto, sobreviveram às agressões.O primeiro caso envolveu a doméstica Maria Jadirene Maciel. Inconformada com a separação, ela procurou o motorista Osvaldo dos Santos na noite de quarta-feira para tentar uma reconciliação. Santos que é motorista de ônibus, recusou a proposta e foi esfaqueado. Depois de agredir o ex-marido, Maria Jadirene colocou fogo no ônibus dele.Santos foi levado para o Hospital Geral do Estado, medicado e recebeu alta hoje enquanto a mulher era presa por policiais da 5ª Delegacia de Salvador.A mesma delegacia registrou na terça-feira um caso semelhante. Rosana Santos Gonzales, se desentendeu com o ex-marido o comerciante Antonio Humberto Jesus dos Santos, trocou empurrões com ele e depois provocou um incêndio numa loja de móveis do ex-marido.Quando viu Antonio Santos tentando apagar o fogo com baldes d´água, se juntou ao ex-marido na tentativa de debelar o incêndio, mas o prejuízo foi grande. Presa em flagrante, Rosana chegou à delegacia se dizendo arrependida.As duas incendiárias serão transferidas ainda hoje para o Presídio de Salvador onde vão aguardar julgamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.