Abastecimento de água em Pernambuco começa a ser normalizado nesta terça

Um milhão de moradores de Recife, Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes estão sem fornecimento

Priscila Trindade, da Central de Notícias

04 de maio de 2010 | 15h52

SÃO PAULO - O abastecimento de água começará a ser normalizado em três cidades de Pernambuco a partir das 20 horas desta terça-feira, 4, quando serão concluídos os trabalhos de reparo em uma adutora da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

 

Segundo a empresa, cerca de 1 milhão de moradores de Recife, Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes estão sem água. O serviço será restabelecido gradativamente e alguns bairros podem receber água apenas na quinta-feira, 6.

 

A adutora, localizada no Sítio Pica Pau Amarelo, na BR-408, na entrada do município de São Lourenço da Mata, rompeu na sexta-feira e, no dia seguinte, o Sistema Integrado Tapacurá/Duas Unas teve de ser paralisado em caráter emergencial.

 

Seis dos 27 metros de extensão da adutora sofreram danos. A adutora responde por 60% do abastecimento do Recife, 100 % da cidade de Camaragibe e 26% de Jaboatão dos Guararapes. A Compesa gastou aproximadamente R$ 200 mil no serviço de manutenção.

 

A adutora sai da Barragem de Tapacurá, em São Lourenço da Mata, e segue até a Estação de Tratamento de Água Castelo Branco, no Curado. A adutora transporta 2.800 litros de água por segundo.

Tudo o que sabemos sobre:
Pernambuco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.