Abril recolhe revista em que pediatra é entrevistado

A Editora Abril terminou nesta segunda-feira de recolher exemplares da edição de março da revista Saúde! em bancas de revistas e gôndolas de supermercados. A decisão foi tomada pela empresa na última sexta-feira, um dia após a prisão do médico Eugenio Chipkevitch, diretor do Instituto Paulista de Adolescência, acusado de abuso sexual de crianças e adolescentes.O pediatra era um dos principais entrevistados em uma reportagem sobre hebiatria (ramo da medicina que se ocupa de adolescentes). Os exemplares serão triturados e reciclados. Na reportagem feita pela jornalista Regina Célia Pereira e publicada a partir da página 80, Chipkevitch aparece em várias fotos, examinando um adolescente de 12 anos.O menino teve sua primeira - e única - consulta acompanhada pela equipe de reportagem da revista. "Recolhemos os exemplares, que estavam desde o dia 14 em circulação, para preservar os leitores e por respeito ao menino que participou da reportagem", afirmou a diretora de Relações Corporativas da Abril, Cleide Rovai Castellan."Ficamos chocados com o caso", afirmou a diretora de redação Lúcia Helena de Oliveira. Em um texto na home page da publicação (www.revistasaude.com.br) ela lamenta o ocorrido. Há 18 anos no mercado, a Saúde! tem tiragem de 80 mil exemplares vendidos em bancas, 40 mil em supermercados e 90 mil assinantes. "Infelizmente não podemos tirar os exemplares dos assinantes", disse Lúcia Helena.A Abril não divulgou os custos da operação de retirada de exemplares do mercado. Até a noite desta segunda, a empresa não tinha o número de revistas recuperadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.