Acaba greve e ônibus circulam normalmente em São Paulo

Todos os 14 terminais e 39 empresas de ônibus operam normalmente nesta manhã de quarta-feira na cidade de São Paulo, após uma greve de 40 horas de motoristas e cobradores que prejudicou mais de 3 milhões de passageiros em toda a capital. No meio da tarde de ontem, em reunião que durou uma hora e meia, trabalhadores, empresários e Prefeitura, intermediados pela Justiça do Trabalho, entraram em um acordo verbal. Os donos de empresas prometeram dar início hoje ao cumprimento dos direitos trabalhistas. A Justiça estabeleceu que, caso os trabalhadores não voltassem ao trabalho, uma multa de R$ 50 mil por dia parado seria imposta ao Sindicato e às empresas. A Viação América do Sul, que atende parte da zona Leste de São Paulo, teve as linhas assumidas pela gerenciadora municipal São Paulo Transportes(SPTRans). Estas linhas estão sendo operadas por ônibus de cooperativas comunitárias de transporte e por veículos de outras empresas. O antigo proprietário da América do Sul devolveu a operação da empresa à SPTrans na sexta-feira por causa de dificuldades financeiras. Os mais de 1.800 funcionários estiveram com os empregos ameaçados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.