Ação da PF contra contrabando de cigarros prende 7 policiais no Sul

Operação já prendeu 25 pessoas nos três estados da região Sul; investigação começou há um ano

Priscila Trindade, Estadão.com.br

07 de junho de 2011 | 09h58

SÃO PAULO - A Polícia Federal já prendeu 25 pessoas, na manhã desta terça-feira, 7, durante uma operação de combate ao contrabando de cigarros na região Sul do País. O objetivo é cumprir 41 mandados de prisão em todos os estados da região. Entre os suspeitos presos estão dois policiais rodoviários estaduais do Paraná e cinco policiais militares de Santa Catarina.

 

A ação, denominada "Loki", também visa cumprir 41 mandados de busca e apreensão nos três estados e 16 cidades da região Sul. As investigações sobre a quadrilha especializada no contrabando de cigarros paraguaios de Ciudad Del tiveram início em junho de 2010. O material ilegal era distribuído para todas as cidades do sul.

 

No ano passado, foram presas 32 pessoas em flagrante, 36 veículos usados pelo bando foram apreendidos, além de 109.524 pacotes de cigarros contrabandeados. A apuração apontou a participação de 2 policiais militares do Paraná e 5 PMs de Santa Catarina que recebiam propina da organização para facilitarem a passagem do contrabando através da região Sudoeste do Paraná e Oeste de Santa Catarina.

 

Participam da operação 172 policiais federais e 36 policiais da Força Nacional de Segurança Pública.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.