Ação policial detém dois e apreende anabolizantes no Rio

Um foi preso por exercer ilegalmente a profissão de Edução Física e o outro por estar com material apreendido

Solange Spigliatti, Central de Notícias

26 Agosto 2009 | 14h40

A polícia prendeu nesta quarta-feira, 26, duas pessoas e grande quantidade de anabolizantes durante operação deflagrada para fiscalizar academias da Baixada Fluminense, no Rio. De acordo com agentes da Delegacia do Consumidor (Decon), em uma academia localizada no centro de Mesquita os agentes prenderam Mayra de Souza Teixeira, que exercia ilegalmente a profissão de educação física. Também foi preso Wesley Moreira Nobre, portando grande quantidade de anabolizantes.

 

Com Nobre, de 25 anos, os policiais encontraram comprimidos de Pramil, ampolas de Winstrol, Decadurabolin, Durateston, Anavar, Primabolan, Sibutramina, Nardrolone Decanoarte, Testoland Depot, além de diversas ampolas de remédios utilizados em cavalos. O medicamento encontrado não tinha registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Também foram apreendidos cheques e dinheiro. Mayra, de 34 anos, foi autuada por exercício irregular da profissão e Wesley, por corrupção e alteração de produtos terapêuticos e medicinais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.