Achados mais 2 corpos de família que se afogou em rio de MG

Foram encontrados os corpos de Daniele Marques da Silva, de 10 anos, e João Carlos Marques da Silva, de 8

Eduardo Kattah, de O Estado de S. Paulo,

19 de fevereiro de 2008 | 20h49

Os bombeiros localizaram nesta terça-feira, 19, os corpos de duas crianças que no domingo desapareceram no Rio Casca, entre os municípios de Santo Antônio do Grama e Jequeri, na Zona da Mata mineira.   Veja também: Localizado corpo de menina que se afogou em rio de MG   Os corpos de Daniele Marques da Silva, de 10 anos, e João Carlos Marques da Silva, de 8, foram resgatados no terceiro dia de buscas.   Cinco pessoas, entre elas uma mãe e seus três filhos menores, sofreram afogamentos seguidos quando participavam de uma pescaria, por volta das 16 horas de domingo, 17.   Na tarde de segunda-feira,18, foi localizado o corpo da menina Joice Kelly de Oliveira, de 12 anos. No início da noite, os bombeiros encontraram o corpo da mãe das crianças - Luciana Marques de Oliveira, 33 anos. Apenas Elias Caetano Viana, de 25 anos, namorado de Luciana, permanecia desaparecido.   A tragédia começou quando mulher resolveu entrar no rio e foi arrastada pela correnteza. Em seguida, Elias pulou na água para tentar salvá-la, mas também acabou sendo levado.   Desesperados, os três filhos de Luciana se jogaram no rio para tentar salvar a mãe e se afogaram.   Duas equipes do Corpo de Bombeiros, compostas por 13 homens, estavam empenhadas nas buscas de Elias, mas até o final da tarde não haviam obtido sucesso.   Luciana, seu companheiro e os três filhos residiam em Córrego do Bálsamo, na zona rural de Jequeri, a 224 quilômetros de Belo Horizonte.   O casal, de origem humilde, trabalhava na roça. Nos fins de semana, eles e as crianças costumavam ir de carroça ao local da pescaria, conhecido como 'prainha'.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.