Acidente causa 4 km de trânsito na Dutra

O motorista que trafega pela pista sentido São Paulo-Rio da Rodovia Presidente Dutra enfrenta quatro quilômetros de congestionamento, desde o km 201 ao km 197, em Arujá, região metropolitana de São Paulo, onde dois caminhões se chocaram. Um dos veículos, do grupo Pão de Açúcar, bateu na mureta central da rodovia e tombou. Apenas a faixa da esquerda já foi liberada ao tráfego de veículos. Não há registro de vítimas, segundo a concessionária Nova Dutra.Raposo TavaresA pista sentido interior-capital da Rodovia Raposo Tavares está interditada na altura do quilômetro 114, trecho do município de Araçoiaba da Serra, no interior de São Paulo, desde às 4h15 desta manhã. No local, um caminhão que transportava tomates tombou depois do motorista perder o controle numa curva e atingir a mureta central da rodovia. A carga se espalhou na pista. O tráfego está sendo desviado pelo acostamento. Não houve registro de vítimas.Régis BittencourtOs policiais rodoviários sargento Roberto Lopes e soldado Gérson, do 2º Pelotão da 3ª Companhia do 1º Batalhão de Polícia Rodoviária, morreram, no início desta madrugada de sexta-feira, após a viatura em que estavam bater de frente contra um caminhão, na altura do km 54 da Rodovia dos Tamoios, na região de Paraibuna, no Vale do Paraíba paulista. Segundo a Polícia Rodoviária, ainda não se sabe o motivo do acidente, mas foi informado que os policiais faziam patrulhamento de rotina na rodovia no momento do choque. Os corpos ainda não foram retirados do veículo, que não atrapalha o tráfego na rodovia.JuquitibaTambém no início da madrugada de hoje, um caminhão caiu em uma ribanceira de 50 metros ao lado da Rodovia Régis Bittencourt, na altura do km 342, divisa entre os municípios de Juquitiba e Miracatu, interior do Estado de São Paulo. Cinco viaturas do Corpo de Bombeiros de Itapecerica da Serra seguiram para o local, além de uma ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), que presta serviços exclusivos em ocorrências na Régis. O caminhoneiro estava vivo e consciente na cabine do caminhão mas, como a região é muito escura, os soldados dos Bombeiros tiveram dificuldades para resgatar a vítima.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.