Acidente com bimotor no Rio não deixa sobreviventes

Dezenove pessoas morreram no final da tarde de sexta-feira após um avião bimotor da empresa Team, modelo LET 410, cair em Macaé. A aeronave sobrevoava a Região dos Lagos, no Rio. O aparelho, de fabricação checa, tem capacidade para 2 tripulantes e 19 passageiros. Dois assentos estavam vagos. O diretor de relações institucionais da empresa aérea, Davi Farias, confirmou as mortes de todas as pessoas que estavam a bordo. As equipes de resgate só encontraram os destroços do avião na madrugada. O radar perdeu contato com a aeronave 20 minutos depois da decolagem, rumo ao Rio de Janeiro. O vôo 6.865 saiu de Macaé, litoral norte do Rio às 17h19 com destino ao Rio e chegaria às 18h02. Segundo a companhia aérea, as condições de vôo eram boas e o piloto, experiente. O bimotor tinha cinco anos de uso e passou por uma manutenção recentemente, que durou dois meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.