Acidente com equipe da Record mata sexagenário

Um homem de 64 anos morreu e três pessoas ficaram feridas no acidente envolvendo uma equipe de "motolink" da TV Record, no início da noite desta segunda-feira, na Avenida Hermano Marchetti, na Lapa de Baixo, Zona Oeste da capital. A motocicleta que levava a repórter Mara Corte, do Programa Cidade Alerta, subiu na calçada e atropelou dois pedestres. Um deles, Pedro Alves Damasceno, morreu quando era socorrido na Santa Casa de Misericórdia, e as demais vítimas estão no Hospital Samaritano.As equipes de "motolink" da Record são formadas por quatro profissionais: um repórter, um cinegrafista e os dois pilotos que vão para os locais de reportagem em duas motocicletas. Segundo a emissora, um auto Vectra de cor prata teria batido na moto, em que estava a repórter Mara Corte. O piloto, identificado como "Rubinho", perdeu o controle e subiu na calçada, atropelando as duas vítimas. Na queda, tanto a repórter quanto o piloto também se feriram.A outra pessoa atropelada, a repórter e o motoqueiro sofreram ferimentos leves, mas ainda não foram liberados do hospital, para onde foram levados pelo resgate do Corpo de Bombeiros. O sexagenário Pedro Damasceno que sofreu traumatismo craniano foi levado pelo helicóptero da PM à Santa Casa, onde já chegou morto. Segundo a reportagem do programa Cidade Alerta, depois de bater na motocicleta o auto Vectra fugiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.