Acidente com ônibus de time de futebol deixa 3 mortos

Equipe é do Brasil de Pelotas; motorista transportava 28 pessoas e teria perdido o controle

Paulo Maciel e Ricardo Valota, do estadao.com.br,

16 de janeiro de 2009 | 03h59

Pelo menos três pessoas morreram no acidente envolvendo o ônibus que levava a delegação do Brasil de Pelotas às 23h40 desta quinta-feira, 15. O acidente ocorreu próximo ao entroncamento entre as rodovias BR-392 e RST-471, na cidade de Canguçu-RS, região sudeste do Rio Grande do Sul. Morreram no local do acidente o atacante uruguaio Cláudio Milar, o zagueiro Régis e o treinador de goleiros Giovani Guimarães.   De acordo com o operador da concessionária Ecosul, que administra a rodovia, o motorista do ônibus não conseguiu fazer a curva, atravessou uma defensa e despencou de um barranco. O acidente ocorreu no anel de acesso à BR-392, quando ela se encontra com uma rodovia estadual, a RST-471.   O ônibus transportava 28 pessoas. Dez ambulâncias foram utilizadas no transporte das vítimas. As mais graves foram levadas para hospitais de Pelotas, a 80 quilômetros do local do acidente. As demais foram socorridas no Hospital de Cambuçu, a 50 quilômetros dali.

Tudo o que sabemos sobre:
time de futebolacidenteBR-392Canguçu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.