Acidente com ônibus mata 7 pessoas e fere 35

Sete pessoas morreram e 35 ficaram feridas num acidente com um ônibus da Viação 1001, na rodovia BR-101, por volta das 5 horas desta terça-feira. Com 48 passageiros, o veículo viajava de São Paulo para Campos, no norte fluminense.O ônibus tombou a 30 quilômetros do destino, numa localidade conhecida como Caxeta, já em Campos. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, uma ultrapassagem malfeita pode ter sido a causa do acidente. Os feridos foram levados para o Hospital Municipal Ferreira Machado, em Campos. O hospital informou que seis pessoas morreram na hora, entre elas, a menina Isabela Bayless, de 2 anos.Segundo o hospital, ela viajava com os pais, Kendra Lynne Santana, de 32 anos, e Fabio Camargo Santana, 34. Os outros mortos são: Wilson Antônio Caloth, 35, Antônia Tavares Monteiro Araújo, 58, Nívia Vieira Bacelar, 59, Maria Helena Souza de Carvalho, 27, e uma mulher não identificada. Maria Anízia Siqueira Soares, 58, morreu a caminho do hospital. Duas pessoas estão internadas em estado grave.Passageiro do ônibus, o socorrista Antônio Vicente, de 29 anos, disse que todos viveram momentos de terror. ?Eu estava dormindo na parte de cima (o coletivo tinha dois andares) e só senti o ônibus tombando e se arrastando pelo chão. Houve muito pânico. As pessoas choravam e gritavam, pedindo ajuda. Vi três pessoas presas nas ferragens, mas consegui salvar uma menina?, disse Vicente, que quebrou a costela.Policiais que estiveram no local do acidente disseram que uma carreta invadiu a pista do ônibus ao tentar ultrapassar outro veículo. O motorista do coletivo, Geraldo de Jesus Caetano, desviou e acabou perdendo o controle. Antes de tombar, o ônibus ainda se chocou contra uma marquise que serve de ponto de ônibus na estrada, segundo informou a PRF. A pista ficou interditada por cerca de 40 minutos para o resgate das vítimas.

Agencia Estado,

22 de abril de 2003 | 17h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.