Acidente deixa 1 morto e 2 feridos no lago Paranoá, em Brasília

Lancha e barco colidiram no início da noite de quinta; um dos feridos está em estado grave

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

02 de maio de 2008 | 04h28

Um acidente envolvendo duas embarcações, às 18h35 de quinta-feira, 1, no Lago Paranoá, em Brasília, próximo ao Palácio da Alvorada, deixou um morto e dois feridos segundo o Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil. Segundo testemunhas, no momento em que as duas embarcações - uma lancha de grande porte e um barco raso de metal, com motor - colidiram, a luminosidade era baixa porque começava a anoitecer. Havia três ocupantes em cada embarcação. Os que estavam na lancha nada sofreram. Eles esperaram pela chegada do resgate para acompanhar o salvamento. O condutor do barco atingido, identificado apenas como Carlos Eduardo, mesmo nome do condutor da lancha, sofreu ferimentos em um dos braços e foi encaminhado ao Hospital de Base de Brasília. Para lá também foi levada Leizelane Aparecida Tenório Campagna, de 30 anos, que sofreu traumatismo craniano e segue internada em estado grave. O corpo de Luiz Antonio de Matos Lima, de 38 anos, capitão do Exército e professor da Escola Militar de Brasília, só foi localizado à 1h40 desta sexta-feira pelos bombeiros. A causa da colisão, registrada na 05ª Delegacia de Brasília, será investigada pela Polícia Civil. No dia 11 de novembro de 2007, um domingo, também no Lago Paranoá, uma lancha atropelou e matou o sargento PM Ismar Lopes de Oliveira, de 47 anos, que mergulhava com um grupo de amigos. Na ocasião, testemunhas relataram que a embarcação passou duas vezes pelo local antes do acidente. Na primeira, teria arrancado as bóias de sinalização. Depois, acabou atingindo e matando o policial.

Tudo o que sabemos sobre:
acientelago ParanoáBrasília

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.