Acidente em shopping em SP deixa menino com traumatismo craniano

Oito pessoas ficaram feridas, entre elas uma criança em estado grave, depois que um pedaço de reboco despencou do teto do terceiro pavimentodo Shopping Eldorado. Por volta das 19h40, pedaços de concreto caíram em cima de um parque de diversões que funciona no térreo. Lucas deMoura Braga Goes, de 8 anos, foi levado para o Hospital das Clínicas com traumatismo craniano. Sua mãe Deise também foi atingida e socorridano Hospital São Luís. As outras vítimas sofreram escoriações, segundo os bombeiros. O capitão do Corpo de Bombeiros, Ernesto Vizzeto, calcula que cerca de 15 m² da estrutura do teto caíram de pelo menos 12 metros de altura. Outro bombeiro, que compareceu ao shopping, calculou em 45 metros. Minutos depois do acidente, a perícia e a defesa civil foram chamadas. "Foi realmente uma fatalidade, porque o deslocamento foi deum local onde geralmente não se faz manutenção, devido à altura", resumiu Vizzeto.A bióloga Ana Paula de Souza Queiroz Giorgi, de 29anos, estava em uma escada rolante próxima ao local na hora do acidente. "Estava indo jantar e foi um barulho ensurdecedor. Sorte que o shopping estava mais vazio naquela hora. Se tivesse acontecido num sábado, teria sido muito pior".A estudante Ana Clívia, de 32 anos, também acompanhou o desabamento dos pedaços de concreto. Pouco mais de uma hora antes, ela chegou aoshopping com o filho João Vítor e mais 5 amiguinhos dele para comemorar, no parque, o aniversário de 11 anos do menino. "No começo,pensamos que a montanha russa estava pegando fogo, porque vimos fumaça. Depois percebemos que, na verdade, era o pó do concreto que tinha levantado", disse ela. A festinha de João Vítor, que tinha começado às 18 horas e deveria durar até 21 horas, teve de terminar mais cedo.Logo após o acidente, a área foi isolada e o parque fechado. As outras dependências do shopping, no entanto, funcionaram normalmente até o seu fechamento. Até as 22 horas, o Shopping Center Eldorado não havia se pronunciado sobre o caso.

Agencia Estado,

02 de abril de 2004 | 22h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.