EGUI BALDASSO
EGUI BALDASSO

Acidente entre carros e caminhão mata dois jornalistas no RS

Colisão aconteceu no km 47 da Rodovia RS-122, região conhecida como "curva da morte", na cidade de Farroupilha

27 Abril 2012 | 11h45

São Paulo, 27 - Dois jornalistas do Grupo Bandeirantes morrem e três do Grupo RBS ficam feridos em um acidente envolvendo sete veículos e um caminhão na Rodovia RS-122, em Farroupilha, no Rio Grande do Sul, por volta das 6 horas da manhã desta sexta-feira, 27. Segundo a Polícia Civil do Estado, as vítimas estão sendo atendidas em hospitais da região.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual, o caminhão transportando uma carga de laranjas estava descendo a rodovia, sentido Caxias do Sul, quando teria invadido a faixa contrária da pista ao perder o controle. No sentido contrário seguia um comboio com sete veículos com quatro viaturas da polícia e três carros de imprensa que iriam acompanhar uma operação dos civis.

Com a colisão o repórter, Ezequiel Barbosa, e o cinegrafista, Paulo Elias, ambos do Grupo Bandeirantes morreram e três jornalistas do Grupo RBS, Luis Alcides Martins, Lúcio Pereira de Moraes e Anderson Samuel Delmonte, ficaram feridos. Agentes da polícia, Luciano Rufi e Luciano Dias, também ficaram feridos, assim como o condutor do caminhão. Todos foram destinados a hospitais da região.

O motorista do caminhão passou por teste do bafômetro, mas não foi constatado consumo de álcool. De acordo com o homem, ele teria perdido o freio e, por conta disso, o controle do caminhão. A Polícia Rodoviária Estadual afirma que depoimentos de testemunhas contam que o caminhão vinha invadindo a pista contrária ao longo da viagem.

O acidente aconteceu no km 47 da pista, região conhecida como "curva da morte". A PRE afirma que neste ano já aconteceram 10 acidentes na pista, mas nenhum deles teria causado óbitos.

A pista está totalmente interditada, os veículos ainda estão no local aguardando a perícia. A Polícia Rodoviária sugere aos motoristas que vem de Porto Alegre, pegar por cima do viaduto do km 40, na rodovia 122, para acessar a via São Vendelino sentido Casas Barbosa. Já para quem sai de Caxias, a sugestão dos agentes rodoviários é, ao invés de acessar a RS-122 na altura do km 61, seguir em frente na RS-453 em direção a cidade de Garibaldi.

Em nota, a Band lamenta a morte do repórter e cinegrafista do Grupo e afirma se solidarizar com as famílias e estar disponível para prestar a assistência necessária.

Abaixo a íntegra da nota:

"BAND LAMENTA MORTE DE REPÓRTER E CINEGRAFISTA NO RIO GRANDE DO SUL

O repórter Enildo Paulo Pereira, de 59 anos, e o cinegrafista Ezequiel Barbosa, de 27 anos, morreram na manhã de hoje, vitimas de um acidente rodoviário, em Farroupilha, na Serra Gaúcha. O carro de reportagem em que estavam foi atingido por um caminhão desgovernado na rodovia ERS-122. A equipe da Band iria cobrir uma operação policial juntamente com outros carros de imprensa, que também se envolveram no acidente. Paulão, como era conhecido, era um dos mais respeitados repórteres policiais do Estado e tinha Ezequiel como parceiro constante. Ambos passaram a integrar a equipe de jornalismo da Band em setembro do ano passado. A morte dos dois profissionais e as circunstâncias trágicas do acidente deixam a emissora consternada. A Band solidariza-se com as famílias e presta toda a assistência necessária."

Mais conteúdo sobre:
acidente morte RS jornalistas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.