Corpo de Bombeiros de Minas Gerais
Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

Acidente entre doze veículos deixa nove feridos na Fernão Dias

Caminhão tentou desviar de carreta e atingiu dez carros em Betim, região metropolitana de Belo Horizonte; três vítimas foram socorridas em estado grave

Paulo Roberto Netto, O Estado de S.Paulo

13 Junho 2018 | 12h52

SÃO PAULO - Um acidente envolvendo dois caminhões e outros dez veículos deixou nove pessoas feridas na rodovia Fernão Dias em Betim, região metropolitana de Belo Horizonte. Três vítimas em estado grave foram levadas ao Hospital João XXIII, na capital mineira. O trecho está interditado.

Segundo o Corpo de Bombeiros, um caminhão que transportava cebolas tombou na pista ao tentar desviar de uma carreta que estava parada no acostamento por problemas mecânicos. Outros dez veículos, incluindo carros de passeio e carretas, colidiram o caminhão, gerando um engavetamento na pista sentido São Paulo.

+ Ônibus capota após colisão e deixa 9 feridos no centro do Rio

Ainda de acordo com a corporação, nove pessoas se feriram no acidente. Algumas não precisaram de atendimento médico e outras, com escoriações e ferimentos leves, foram encaminhadas para o Hospital Municipal de Betim. Três vítimas com ferimentos mais graves, com fraturas no tornozelo e na pélvis, foram socorridas para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. O estado de saúde delas é desconhecido.

+ Jovem morre após cair de moto na rodovia Raposo Tavares, em SP

Oito viaturas e o helicóptero do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais atuaram na ocorrência, mas no fim desta manhã apenas uma viatura permanece no local para garantir a normalização do tráfego. 

A rodovia Fernão Dias permanece totalmente interditada em ambos os sentidos, na altura do Contorno de Betim, para a retirada da carga espalhada pela pista. De acordo com a Arteris, concessionária que administra a rodovia, não há lentidão na região. Mais cedo, o acidente provocou cinco quilômetros de congestionamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.