Acidente entre ônibus e carro deixa cinco mortos em MG

Pelo menos 16 pessoas morreram e 37 ficaram feridas em 3 acidentes entre quarta-feira e quinta-feira

Eduardo Kattah, do Estadão,

27 Julho 2007 | 10h38

A colisão entre um ônibus e um automóvel causou a morte de cinco pessoas na madrugada desta sexta-feira, 27, no quilômetro 606 da BR-262, próximo à cidade de Campos Altos, no Alto Paranaíba mineiro. Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o ônibus que seguia de Goiânia para Belo Horizonte derrapou na pista, chocou-se contra um Fiat Uno e capotou.   Pelo menos 16 pessoas morreram e 37 ficaram feridas em três acidentes entre o fim da noite de quarta-feira, 25, e a madrugada de quinta-feira, 26, em estradas de Minas, segundo as Polícias Rodoviárias Estadual e Federal. Na ocorrência mais grave, um ônibus e um caminhão carregado de cerâmica bateram, na madrugada, na rodovia MGT-122, entre as cidades de Janaúba e Porteirinha, no norte do Estado.   O acidente deixou 11 mortos e 34 feridos, sendo oito em estado grave. O ônibus transportava romeiros de Bom Jesus da Lapa, na Bahia, para Chapada do Norte, no Vale do Jequitinhonha, em Minas.Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), às 3h05 de quinta-feira, no km 122 da rodovia, o ônibus fretado da empresa Xavier Turismo chocou-se com o caminhão, que seguia em sentido contrário. A colisão destruiu a frente e parte da lateral esquerda do ônibus e a cabine do caminhão.Os motoristas do ônibus, Edmundo Augusto, de 38 anos, e do caminhão, Woothaliman Ferreira Sampaio, de 34, e nove passageiros do ônibus morreram. Os feridos foram levados para hospitais de Janaúba e de Porteirinha. O segundo motorista do ônibus, Waltenir da Silva, de 40 anos, que descansava na hora do acidente, disse que havia 53 passageiros no veículo.A primeira análise do tacógrafo revelou que o ônibus seguia a 90 quilômetros por hora. 'Ele estava na velocidade permitida. O disco foi retirado e entregue à Polícia Civil para ser anexado ao inquérito', disse o subtenente Joel Lopes de Freitas, da PRE. 'Nem os pedaços do tacógrafo do caminhão nós achamos.' A carga da carreta ficou espalhada pela pista, que só foi liberada no fim da manhã.Também na MGT-122, cerca de 40 minutos antes, uma pessoa morreu e outra ficou gravemente ferida em um acidente envolvendo três veículos de passeio no km 107.Outro grave acidente ocorreu no fim da noite de quarta-feira, no km 814 da BR-381, em Careaçu, sul do Estado. Um Corsa, que seguia no sentido Belo Horizonte-São Paulo cruzou o canteiro central e bateu de frente com uma carreta. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o motorista e três passageiros do Corsa morreram. O condutor da carreta e um passageiro do Corsa ficaram feridos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.