Divulgação
Divulgação

Acidente mata seis passageiros de ônibus no Rio Grande do Sul

Veículo que saiu de Porto Alegre e seguia para Tramandaí tombou em uma curva da RS-030; várias pessoas ficaram feridas 

Elder Ogliari, O Estado de S. Paulo

06 Janeiro 2015 | 15h50

PORTO ALEGRE - Seis passageiros de um ônibus morreram em acidente ocorrido no início da tarde desta terça-feira em Glorinha, no Rio Grande do Sul. Pelo menos outros 30 sofreram ferimentos de diversos tipos. Os casos mais leves são de escoriações e os mais graves de fraturas, pancadas e cortes profundos. O motorista não se feriu. 

Alguns viajantes tiveram braços e parte de pernas amputados. Até o início da noite, os hospitais de Gravataí e Porto Alegre, para onde os pacientes foram levados, ainda não tinham detalhado o número de atendimentos que prestaram e a situação dos internados.

O coletivo da empresa Unesul saiu de Porto Alegre com 27 pessoas a bordo e seguia para Tramandaí, no litoral gaúcho, quando tombou ao sair de uma curva da RS-030. Como o veículo fazia uma linha estadual de percurso curto, parava em rodoviárias e pontos específicos do trajeto de cerca de cem quilômetros, não havia lista de passageiros e a polícia terá de fazer um levantamento para saber o número exato de pessoas que seguiam viagem no momento do acidente.

Passageiros que escaparam ilesos contaram que todos os viajantes estavam sentados, mas raros usavam o cinto de segurança disponível nas poltronas. Esse descuido pode ter sido decisivo para tornar o acidente uma tragédia. Como o ônibus só virou no acostamento, sem bater em outros veículos ou obstáculos, policiais e socorristas acreditam que as vítimas teriam sofrido no máximo ferimentos leves se tivessem se precavido. Sem o cinto, muitas delas foram jogadas para longe de onde haviam sentado ou caíram para o lado das janelas e lataria, sendo friccionadas contra o asfalto.

Mais conteúdo sobre:
Rio Grande do Sul acidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.