Acidente mata um e fere 17 operários no Recife

Um operário da construção civil morreu e outros 17 ficaram feridos hoje nas obras da usina termelétrica Permopernambuco, no Porto de Suape, município metropolitano de Ipojuca, com o desabamento da estrutura metálica que dava sustentação a um andaime onde 40 homens trabalhavam, a cerca de 15 metros de altura. O corpo de Adriano Caetano da Silva, de 25 anos, ainda não foi retirado dos escombros. Os feridos foram atendidos no Hospital da Restauração e somente três ainda estão internados. Nenhum deles corre risco de vida.O diretor do Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil de Pernambuco, Luiz Carlos Galdino da Silva, apontou a falta de segurança do local como causa do acidente e prometeu entrar com pedido no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para embargar a obra. O sindicato também vai pedir ao Ministério Público para investigar o episódio. A delegacia de Ipojuca abriu inquérito policial e o consórcio de construtoras responsável pela obra, liderada pela Norberto Odebrecht, prometeu ajuda financeira, social e psicológica para as vítimas e familiares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.