Acidente na Anhangüera mata três pessoas e fere seis

Um acidente entre quatro carros e um caminhão provocou a morte de três pessoas e deixou seis feridos no quilômetro 101 da rodovia Anhangüera, em Sumaré, ontem à noite. As colisões ocorreram por volta da 21h30, no sentido interior-capital. Renata Colazanti Pastorelli, Ovídea Simões Pastorelli e Juliana Ramalho, que ocupavam um Ford Ka, morreram no local, carbonizadas. O quarto ocupante do automóvel, Eberson Luciano Pastorelli, foi levado para o Hospital Imaculada Conceição, de Sumaré, em estado grave. Outros quatro feridos foram encaminhados para o hospital e liberados em seguida e um nem chegou a receber atendimento médico porque apresentava apenas escoriações. A polícia rodoviária não soube informar as causas do acidente, nem como ele ocorreu exatamente, mas apontou que o Ford Ka foi arrastado pelo caminhão, que estava carregado de eletrodomésticos. Segundo testemunhas, o Ka estava em alta velocidade e freou bruscamente sob uma passarela, onde havia um radar de velocidade. O caminhão vinha logo atrás e não conseguiu brecar. O motorista Josué Muniz de Mello perdeu o controle do veículo e prensou o Ka contra a estrutura da passarela, às margens da rodovia. O automóvel pegou fogo. Outros três carros que vinham atrás também se envolveram no acidente.

Agencia Estado,

22 de agosto de 2002 | 14h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.