Acidente no Paraná deixa cinco mortos e oito feridos

Segundo testemunhas, o motorista da caminhonete tentava desviar de um grupo de capivaras e acabou batendo no ônibus

Evandro Fadel - correspondente no Paraná, O Estado de S. Paulo

23 de junho de 2011 | 18h21

Cinco pessoas de uma mesma família morreram e oito ficaram feridas em um acidente ocorrido durante a madrugada entre um ônibus e uma caminhonete na rodovia PR-272, que liga Faxinal a Mauá da Serra, no norte do Paraná. Os mortos estavam na caminhonete, com placas de Carapicuíba (SP).

 

 

As causas ainda estão sendo apuradas, mas testemunhas informaram que o motorista da caminhonete tentou desviar de um grupo de capivaras que cruzava a pista, mas perdeu-se na condução do carro e acabou batendo contra o ônibus. O carro ficou totalmente destruído.

 

 

Algumas capivaras também ficaram mortas no local, que é cercado de matas e, segundo as informações, não há sinalização sobre a possibilidade de presença de animais na pista.

 

 

O motorista do ônibus, Ademir Pepinelli, de 40 anos, teve fratura nas pernas e estava internado em Apucarana, sem correr riscos de morte. Os outros foram atendidos e liberados em um hospital de Faxinal.

 

 

Os feridos dirigiam-se de Jesuítas, no interior do Paraná, a Curitiba. A princípio foi informado que havia 14 feridos, mas o número foi corrigido à tarde. Os corpos dos mortos foram identificados ontem à tarde no Instituto Médico Legal de Apucarana.

 

 

O veículo era dirigido por Edivaldo de Jesus Teixeira, de 51 anos, que administrava uma empresa de ônibus em Carapicuíba. Com ele estavam sua mulher, Ouseia Aparecida Ruy Teixeira, de 45 anos; seu filho Estênio Deivid Ruy Teixeira, de 21 anos; sua mãe, Jaci Maria de Jesus, de 80 anos; e sua irmã, Edileuza de Jesus Teixeira, de 43 anos.

 

 

Os corpos devem ser sepultados em Lidianópolis, no norte do Paraná, onde moram familiares que eles visitariam.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.