Acidente provoca 13 km de lentidão na Fernão Dias

Engavetamento deixou sete pessoas feridas; na descida ao litoral, tráfego é intenso

Da Redação

19 de abril de 2008 | 10h38

Um engavetamento no fim da manhã deste sábado deixou sete pessoas feridas, uma deles gravemente,na altura do km 57 da rodovia Fernão Dias, no sentido  Minas Gerais. Uma faixa de rolamento ficou interditada, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), mas já foi liberada. Devido ao acidente, o motorista enfrenta 13 km de lentidão. Veja também: Acidente com ambulância deixa quatro mortos no RS Aeroportos têm movimento intenso Abre e fecha no feriado   O motorista do ônibus ficou gravemente ferido e foi levado pelo helicóptero Águia para o Hospital das Clínicas. As outras seis pessoas foram encaminhadas para um hospital de Mairiporã.   O acidente aconteceu por volta das 12 horas entre Mairiporã e Atibaia. De acordo com a polícia, o ônibus se chocou contra o caminhão, que acabou atingindo os carros da frente.   Litoral   O tráfego de veículos continua intenso na tarde deste sábado no sistema Anchieta-Imigrantes, que permanece operando no esquema 5X5. A descida é feita pelas pistas sul da via Anchieta e da rodovia dos Imigrantes. Para a subida da serra, o motorista utiliza as pistas norte das duas rodovias.     Não houve registro de lentidão ou acidentes e a visibilidade era boa.   Segundo a Ecovias, concessionária que administra o sistema, o tempo é encoberto e a visibilidade é boa. Desde a meia-noite de ontem, quando teve início a contagem para o feriado de Tiradentes, 104 mil  veículos desceram a serra.   A Ecovias estima que entre 240 e 310 mil veículos utilizem as estradas do sistema para chegar à Baixada Santista. Outras rodovias A via Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, o sistema Raposo Tavares/Castelo Branco, principal rota para o oeste do Estado e o Anhnagüera/Bandeirantes não apresentam lentidão. Na capital A marginal do Tietê apresentava por volta das 15 horas deste sábado, 19, uma lentidão de quase quatro quilômetros na pista que segue em direção à rodovia Ayrton Senna. Os motoristas enfrentavam trânsito carregado na pista expressa, entre as ruas Azurita e José Gomes Falcão. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o excesso de veículos causava a morosidade. A avenida dos Bandeirantes também concentrava grande número de veículos, que deixavam um engarrafamento de cerca de quatro quilômetros, entre o viaduto João Julião da Costa Aguiar e Marginal Pinheiros. De acordo com a CET, não havia registro de acidentes graves. Às 15h01 a cidade registrava 22 quilômetros de ruas e avenidas com tráfego carregado.   Texto atualizado às 15h40

Tudo o que sabemos sobre:
TrânsitoSão Pauloferiado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.