Acidentes provocam congestionamento na Marginal do Tietê

Os motoristas que trafegavam pela Marginal do Tietê por volta das 9h30 enfrentavam um grande congestionamento na manhã desta quinta-feira, 26, devido a vários acidentes, a maioria envolvendo motocicletas. As lentidões de 21 quilômetros, na pista expressa, e 19 da pista local, que seguem em direção à Castelo Branco, ajudam a aumentar o índice de congestionamento registrado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Segundo a CET, dois acidentes ocorridos por volta das 9 horas prejudicavam o trânsito da pista sentido Castelo da Marginal do Tietê. O primeiro deles aconteceu próximo à Ponte dos Remédios, na pista local. Um automóvel colidiu com um caminhão, que acabou ficando embaixo do veículo. Ninguém ficou ferido. O outro ocorreu na Ponte da Vila Guilherme, também na pista local, que está totalmente interditada. Um caminhão colidiu com uma motocicleta. Uma pessoa ficou ferida.A CET registrou às 9 horas 128 quilômetros de trânsito complicado na cidade. Já às 9h30, o índice subiu para 135 km, mais que o dobro para o período, que é de 77 km. Às 10 horas, baixou um pouco para 119 quilômetros, mas ainda acima da média para o horário, de 71 km.Por volta das 7 horas, a alça de acesso ao Viaduto Atílio Fontana, na Marginal do Tietê, foi interditado devido a um acidente entre caminhão e moto. O outro acidente aconteceu na Marginal do Pinheiros, na pista expressa sentido Interlagos. Dois carros e uma moto bateram na altura da Ponte do Jaguaré, influenciando o trânsito na Marginal do Tietê. EstradasO congestionamento nas marginais também prejudicava o movimento nas estradas por volta das 9h30. O tráfego estava lento na chegada à capital pela via Anchieta, na altura do quilômetro 14. A Castelo Branco estava com lentidão de dois quilômetros, já na chegada à capital. A Rodovia Presidente Dutra também estava sendo afetada. Na pista expressa havia seis quilômetros de lentidão e, na local, eram quatro quilômetros de trânsito parado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.