Acidentes rodoviários aumentaram 6,6% neste carnaval

As rodovias federais brasileiras registraram um aumento de 6,6% do número de acidentes durante o carnaval deste ano. No feriado, ocorreram 2.357 acidentes, 147 a mais do que em 2003. O número de mortes também aumentou para 147, representando 46 casos a mais do que em 2003. A Polícia Rodoviária Federal, no entanto, atribui esse segundo índice ao acidente ocorrido com um ônibus da empresa Itapemirim, sábado no Ceará, com 42 mortes. O único indicador que registrou queda foi o de feridos. Este ano, acidentes nas estradas provocaram 1.321 vítimas, 107 a menos do que em 2003.As chuvas de janeiro, responsáveis por maior deterioração das estradas, foram apontadas como um dos fatores que contribuírampara o maior número de acidentes. A imprudência do motorista habituado a dirigir em centros urbanos, no entanto, é consideradacomo o principal fator da violência nas estradas. A Polícia Rodoviária Federal também atribuiu o maior número de acidentes ao aumento da frota de veículos do País, estimado em 10%. O maior número de acidentes ocorreu em Minas Gerais. Foram 461 durante o feriado. E é este Estado que concentra a maior malha rodoviária federal do país: 13 mil quilômetros. Em segundo lugar no ranking de acidentes está Rio, com 274 acidentes seguido por São Paulo (272) e Santa Catarina (225). Por causa do acidente com o ônibus, Ceará registrou maior número de mortes: 42. Em São Paulo, acidentes provocaram 18 vítimas fatais e, em Minas, 14.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.