ACM critica apoio do PMDB a Lula e se diz ´guardião da moralidade´

O senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) criticou nesta segunda-feira o apoio informal de parte do PMDB à candidatura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à reeleição. "É gravíssimo que um partido e o governo que praticou tantas sandices, que roubou tanto, venham com os mesmos métodos a afrontar a nação. Estou como guardião da moralidade", afirmou Magalhães, citando o editorial de sábado do jornal O Estado de S. Paulo, que criticou a concessão de cargos ao PMDB no governo em troca do apoio. Em discurso, o senador baiano criticou novamente o veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao reajuste de 16,67% aos aposentados e pensionistas. Mais uma vez, Magalhães comparou Lula à personagem Bia Falcão, da novela Belíssima, que terminou na semana passada, na TV Globo. "A maldade é a mesma. Tanto é assim que o presidente vetou o reajuste dos aposentados", afirmou o parlamentar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.