ACM Neto ataca Wagner ao homenagear avô

BAHIA

, O Estado de S.Paulo

05 de setembro de 2010 | 00h00

Foi inaugurado na sexta-feira, no Pelourinho, em Salvador, o Instituto Antônio Carlos Magalhães de Ação, Cidadania e Memória, cujo objetivo é formar jovens para atuar na administração pública. Herdeiro político do senador baiano, morto em 2007, o deputado ACM Neto (DEM) aproveitou o evento para atacar o atual governador, Jaques Wagner (PT), candidato à reeleição. "O centro histórico de Salvador está abandonado e isso não acontecia com ACM", criticou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.