Acordo é adiado e greve da PF atrapalha emissão de passaporte

Reunião entre servidores administrativos e Ministério do Planejamento será às 19 horas desta quarta-feira

Fabiana Marchezi, do estadao.com.br,

03 Outubro 2007 | 11h18

A reunião dos servidores administrativos da Polícia Federal, em greve desde a terça-feira, 25, com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, em Brasília, foi adiada para às 19 horas desta quarta-feira, 3.   A rodada de negociação da reestruturação da carreira dos servidores deveria ter acontecido na tarde de terça-feira, 2. Apesar disso, foi cancelada pelo ministério, que não justificou o adiamento, segundo o Sindicato Nacional dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal (SINPECPF).   Com isso, os serviços feitos pelos servidores, como emissão de passaportes, continuam prejudicados na maioria das sedes da PF no País. Segundo o SINPECPF, cerca de 90% dos trabalhadores aderiram à greve, por tempo indeterminado, com o objetivo de convencer o governo federal a realizar a reestruturação do Plano Especial de Cargos dentro da instituição.

Mais conteúdo sobre:
greve da PF passaporte

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.