Acordo encerra greve dos enfermeiros no Mato Grosso

Categoria ficou parada durante oito dias; acordo saiu na noite desta terça-feira, 30, durante audiência mediada pelo Ministério Público do Trabalho

30 Agosto 2011 | 23h20

SÃO PAULO - Os enfermeiros e técnicos de enfermagem do Estado do Mato Grosso voltam ao trabalho nesta quarta-feira, 31, após oito dias de greve, encerrada, na noite desta terça-feira, 30, durante acordo firmado na quarta audiência mediada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT).

 

Os representantes dos maiores hospitais participaram da audiência, o que facilitou cada avaliação. No final, os dois lados cederam e acordo foi firmado. Para os trabalhadores em estabelecimentos de saúde nas áreas administrativa e geral ficou acordado um reajuste de 7% linear, alcançando toda a categoria; além de piso salarial de R$ 600,00 e cesta básica de R$ 100,00.

 

Os enfermeiros e técnicos de enfermagem que já recebiam o piso terão reajuste de 8%, elevando o mesmo para R$ 780,00; já para quem recebia acima do piso, o reajuste concedido foi de 5%, além da cesta básica de R$100,00. Na avaliação geral feita pelo sindicato, a categoria teve uma elevação de 11,2% sobre os ganhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.