Acordo evita paralisação em empresa de ônibus de SP

Motoristas e cobradores da garagem I da Viação Himalaia, cujo pátio fica na altura do nº 289 da Rua Nestor de Barros, no Tatuapé, zona Leste da capital paulista, decidiram não trabalhar no início da manhã desta quarta-feira, prejudicando usuários dos trólebus - ônibus elétricos - que atendem linhas que fazem o trajeto dos bairros da Penha e São Mateus, na zona leste, até o Parque Dom Pedro, no centro.Mas, segundo a SPTrans, os coletivos da Viação Himalaia devem retornar normalmente para as ruas depois das 6 horas desta manhã, pois houve um acordo entre o sindicato e a direção da empresa de ônibus.Apesar de a Polícia Militar ter informado que, por volta das 3h30 da madrugada, havia um grupo de 50 pessoas ligadas ao Sindicato dos Motoristas na porta da garagem da Himalaia e da São Paulo Transportes (SPTrans), os funcionários da viação negavam que estavam parados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.