Acordo inédito põe 209 imóveis históricos sob seguro

Os 209 imóveis que formam o centro histórico de Santana do Paranaíba, município da Grande São Paulo, terão seguro inédito no País contra incêndio, vendaval, queda de raio, explosão, implosão e queda de aeronave, por meio de um convênio assinado com a maior seguradora da Espanha. A assinatura do convênio foi possível a partir da aprovação, na Câmara Municipal de Santana de Parnaíba, nesta semana, do projetode lei 064/03.A apólice do seguro está orçada em R$ 42 milhões, com renovação anual. Dentre os imóveis segurados estão a Câmara Municipal da cidade, a Igreja Matriz - cuja construção data de 1892 -, secretarias municipais, residências eestabelecimentos comerciais, todos tombados pelo Conselho de Defesa do Patri mônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat).O seguro cobre quaisquer danos ? com exceção dos bens em seus interiores ? e, em caso de sinistro, prevê toda a reconstrução dos imóveis.O prefeito Silvinho Peccioli disse que o acordo "tem tudo para se tornar referência nacional". O seguro, realizado pela Mapfre Vera Cruz Seguros e Previdência, está atrelado ao programa de responsabilidade social daempresa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.