Acostamento pode virar faixa extra na Rio-Santos

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) iniciou estudos sobre uma possível ampliação da Rodovia Rio-Santos (trecho paulista e fluminense da BR-101). A estrada, uma das mais movimentadas do País, principalmente em feriados, hoje tem pista simples em praticamente toda sua extensão. O que está em análise, segundo o diretor-geral do DNIT, Luiz Antonio Pagot, não é a duplicação da rodovia, que fica à beira-mar, mas a transformação do acostamento em pista. A adaptação aumentaria de dois para quatro o número de faixas. O DNIT também estuda a construção de uma rodovia para ligar Angra dos Reis a Resende, no Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.