Acúmulo de gelo no motor faz avião da TAM pousar

Um avião Fokker 100 da TAM alterou sua rota e fez hoje um pouso não previsto no aeroporto Bartolomeu Gusmão, em Pelotas, no Rio Grande do Sul. O piloto do vôo 8006, que havia saído de Buenos Aires às 8h10 rumo a São Paulo, sentiu uma vibração diferente nos motores e decidiu aterrissar na cidade gaúcha, às 9h25. A assessoria de imprensa da empresa informou que o problema, causado por formação de gelo no equipamento, não impedia que o vôo prosseguisse até seu destino. Mas a viagem foi interrompida por precaução.Os 58 passageiros e cinco tripulantes ficaram confinados na sala de desembarque do aeroporto durante mais de três horas, período em que o acesso da imprensa ao local foi vetado. Às 12h25, outro Fokker 100 da TAM saiu de Porto Alegre para fazer a segunda etapa do vôo, que chegou em São Paulo às 14h30.Este é o quarto incidente com aparelhos Fokker 100 da TAM nas duas últimas semanas. No dia 30 de agosto um avião que fazia a rota São Paulo-Campo Grande fez um pouso de emergência em uma fazenda em Birigüi, no interior de São Paulo. Naquele mesmo dia, outra aeronave, com problemas no trem de pouso, aterrissou de barriga no aeroporto de Viracopos, em Campinas. E na segunda-feira passada um problema na porta de um avião que estava no solo, em Corumbá (MS), forçou a empresa e remanejar os passageiros para outro vôo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.