Acusado de agressão, Justiça pede saída de Dado Dollabela da casa da mulher

Viviane Sarahyba entrou com pedido de medida cautelar contra o marido na Vara da Família

Talita Figueiredo, de O Estado de S.Paulo,

20 de agosto de 2010 | 22h08

A juíza Maria Cristina Brito Lima, da 1ª Vara de Família da Barra, na zona oeste do Rio, determinou que o ator Dado Dolabella saia da casa onde vive com a mulher, a publicitária Viviane Sarahyba. Na quinta-feira, ela entrou com pedido de medida cautelar contra o marido para obrigá-lo a sair de casa por estaria supostamente sofrendo agressões físicas.

 

O ator foi visto ontem à noite embarcando no Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio, com destino a Florianópolis (SC).

 

Eles se casaram em setembro de 2009, quando Viviane já estava grávida de seis meses. No início deste mês, Dado foi condenado a dois anos e nove meses de prisão em regime aberto por agressão a ex-namorada, a atriz Luana Piovani, e sua camareira, Esmeralda de Souza. Até a conclusão desta edição, o Estado não conseguiu contatar o advogado do ator, Michel Assef Filho, para comentar o processo.

 

Dado ao lado da mulher, Viviane, na saída de um restaurante em São Paulo - 28/08/09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.