Acusado de estuprar filhas é encontrado morto no sul de SC

Ele foi achado enforcado com tecidos da cela onde estava preso; com incestos, nasceram quatro crianças

Solange Spigliatti, estadao.com.br

19 Agosto 2008 | 15h25

O carpinteiro Claudio Érico Kraus Rodrigues, de 40 anos, foi encontrado morto na tarde de segunda-feira, 18, dentro da cela, na delegacia de Passo de Torres, em Santa Catarina. Ele estava preso por ser acusado de estuprar e engravidar suas filhas. Segundo informações do delegado Luis Vanderlei Sala, Rodrigues foi encontrado por volta das 17 horas, enforcado com tecidos do colchão da cela individual que ocupava temporariamente desde a última sexta, 15.   Rodrigues foi preso após a denúncia de um dos seus 11 filhos sobre a violência sexual que duas filhas, de 19 e 17 anos, sofriam. Há a suspeita que uma outra filha, de 15 anos, também era estuprada pelo pai. Os incestos resultaram no nascimento de quatro crianças, atualmente com 6, 5, 3 anos e 7 meses de idade. De acordo com o delegado, Rodrigues foi abandonado pela mulher por conta de sua agressividade e vivia com os 11 filhos.   Após as investigações, que começaram na quarta-feira, 13, as duas filhas já prestaram depoimento e confirmaram o abuso e os filhos. Será instaurada uma sindicância para apurar a morte do carpinteiro dentro da delegacia e o inquérito policial que investiga as suspeitas de estupro será encerrado, por conta da morte do suspeito.

Mais conteúdo sobre:
polícia Passo de Torres SC Santa Catarina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.