Polícia Civil/Divulgação
Polícia Civil/Divulgação

Acusado de facilitar fugas, diretor de cadeia em Pedrinhas é preso

Cláudio Henrique Bezerra Barcelos foi detido sob a acusação de ter recebido suborno para garantir a libertação e três presos

Ernesto Batista, Especial para O Estado

15 de setembro de 2014 | 16h06

SÃO LUÍS - Depois de uma investigação que durou quatro meses a Polícia Civil do Maranhão prendeu o diretor da Central de Detenção do Complexo Penitenciário de Pedrinhas (Cadet), no Maranhão. Cláudio Henrique Bezerra Barcelos, de 45 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira, 15.

Ele foi preso no horário de trabalho na sede da Cadet, em Pedrinhas, sob a acusação de ter recebido suborno para garantir a libertação e três presos que estavam detidos na prisão que ele dirigia. 


Segundo o delegado Luís Jorge, da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) do Maranhão, a atuação de Cláudio Henrique despertou suspeita porque os investigadores que participaram da operação notaram a saída de detentos pela porta da frente, além dos alvarás de soltura falsificados. Ainda de acordo com o delegado, entre ações do diretor, estava a fraude nas informações no sistema do presídio. 

Tudo o que sabemos sobre:
PedrinhasMaranhão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.