Acusado de golpes de R$ 50 milhões em Minas Gerais se entrega

Empresário é acusado de estelionato e falsificação por ter prejudicado cerca de duas mil pessoas no Estado

Marília Lopes, Central de Notícias

12 de dezembro de 2010 | 17h21

SÃO PAULO - O empresário mineiro Thales Emanuelle Maioline, de 34 anos, se entregou à polícia no início da tarde deste domingo, 12. Ele é acusado de ter dado golpes no valor de R$ 50 milhões em cerca de duas mil pessoas que vivem em Belo Horizonte e em outras 13 cidades do interior de Minas Gerais.

 

Investigado por estelionato, falsificação de documentos e falsidade ideológica, um dos donos da Firv Consultoria e Administração de Recursos Financeiros teve sua prisão decretada pela Justiça em agosto deste ano.  

Foragido há cerca de quatro meses, Maioline se entregou em uma delegacia da capital mineira. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, ele foi encaminhado ao Centro de Remanejamento de Presos (Ceresp) São Cristóvão.

 

A última vez em que havia sido visto foi em 23 de julho, ao deixar um hotel em São Paulo em direção ao Terminal Rodoviário Tietê, na zona norte da cidade.

 

Mailione desapareceu levando o dinheiro dos golpes. Segundo as investigações da polícia, ele também teria desviado recursos de contas de investidores para paraísos fiscais, como a Suíça e o Panamá.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.